A empresa de segurança digital McAfee emitiu um novo levantamento, afirmando que o prejuízo causado por cibercrimes e invasões a sistemas empresariais já soma mais de US$ 1 trilhão em 2020. De acordo com a empresa, esse aumento é mais de 50% superior se comparado ao último levantamento, feito em 2018, quando o valor foi de US$ 600 bilhões.

O relatório publicado pela McAfee foi feito em parceria com o Centro para Estratégia e Estudos Internacionais e constatou também que 92% das empresas entrevistadas sentiram impacto além do prejuízo financeiro, citando reputação de marca e eficiência reduzida.

Pelos números do relatório, as empresas enfrentaram, em média, 18 horas de serviços interrompidos, além de demorarem aproximadamente 19 horas entre a identificação de um incidente e a tomada de ação para resolvê-lo. Mais além, 33% das empresas respondentes relataram custos de manutenção e reparos entre US$ 100 mil e US$ 500 mil por ataque.