Um Volkswagen Fusca de 1939 é agora uma joia. O modelo pré-série é um dos mais antigos do mundo da linha desenvolvida pelo famoso Ferdinand Porsche, fundador da marca que leva o mesmo sobrenome até hoje . Totalmente recuperado, o veículo está avaliado em 300 mil euros, cerca de 1 milhão e 800 mil reais.

Mas para chegar onde está, o “fusquinha” passou por várias provações. Esse carro foi produzido artesanalmente pelo próprio Ferdinand para demonstrações de performance a jornalistas, e além desse só existem outros 3 semelhantes.

De acordo com o Protoype Automuseum, responsável pela restauração, o motor traseiro produzia, na época, 32 cavalos, o que possibilitou que o carro chegasse a 145 km/h, um marco surpreendente para 82 anos atrás.

Quem vê o Fusca agora mal pode acreditar que ele passou anos guardado em um galpão, e sobreviveu à Segunda Guerra Mundial e à um incêndio na garagem da família que o possuía.

publicidade

Segundo o museu que fica em Hamburgo, na Alemanha, vários anos de trabalho e pesquisa foram necessários para que a restauração fosse perfeita.

A importância dele para a indústria alemã fica evidente nesse filme raro, que mostra um modelo de 1938!

Mesmo tendo sido descontinuado em 2019, o Volkswagen Fusca é, definitivamente, um dos carros de maior sucesso no mundo, com mais de 21 milhões de exemplares produzidos. O Brasil, atrás apenas da Alemanha e dos Estados Unidos, e é o terceiro país onde há mais unidades: cerca de 3 milhões.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!