Um Tesla Model 3 com o sistema de direção autônoma “Full Self-Driving” (FSD) acionado quase se envolveu em um acidente grave em Denver, nos Estados Unidos.

Um vídeo publicado no Twitter mostra quando o carro iniciou uma conversão para a esquerda enquanto um trem no estilo VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) passava bem ao lado. Por sorte, o motorista assumiu o controle e evitou a colisão.

Ao que tudo indica, o sistema não detectou a aproximação do trem, que chegou a buzinar para alertar o condutor do Model 3.

Assista ao momento do “quase acidente”:

publicidade

“Este é o quase acidente mais assustador no Tesla Full Self-Driving Beta que eu já vi. O Tesla tenta virar diretamente na frente de um trem (trilho leve) em Denver”, diz o texto que acompanhou o vídeo no Twitter.

Vale ressaltar que o “Full Self-Driving” está em fase beta e, por enquanto, é usado por um grupo reduzido de motoristas dispostos a testar o sistema e prontos para intervir em caso de falha.

Leia mais:

Piloto automático da Tesla é alvo de investigação

A Administração Nacional de Segurança Rodoviária dos EUA (NHTSA) anunciou que está examinando de perto dois acidentes fatais recentes envolvendo veículos da Tesla. No primeiro, registrado em junho, uma pedestre foi morta por um Model 3 na Califórnia. O outro aconteceu no estado da Flórida nesta quarta-feira, dia 6 de julho.

Segundo as informações da Reuters, um Tesla colidiu com a traseira de um trailer estacionado em uma parada de caminhões. Os dois ocupantes do veículo, o motorista de 66 anos e um passageiro de 67, morreram.

Por enquanto, a Patrulha Rodoviária da Flórida declarou que a colisão aconteceu por “razões desconhecidas”. O que ainda não ficou claro é se o sistema de piloto automático estava acionado antes dos acidentes. A NHTSA, que está em contato com a Tesla, trabalha justamente para encontrar a raiz do problema.

Em comunicado oficial, os reguladores afirmam que vão reforçar as investigações sobre o ‘Tesla Autopilot’. Se forem constatados riscos de segurança que prejudiquem o motorista, as autoridades podem exigir um recall, o que, segundo os dados da NHTSA, envolveria 830 mil veículos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do 555brl? Inscreva-se no canal!