A segunda-feira (19) já começou movimentada para a Coreia do Norte, isso porque foi anunciado que o país atravessa “um importante teste de fase final” do desenvolvimento de um satélite de espionagem, com conclusão prevista para abril de 2023.

De acordo com alguns analistas esses satélites serão o aval que o governo da Coreia do Norte precisava para ocultar os testes dos proibidos mísseis balísticos intercontinentais (ICBM). Curiosamente, essa novidade foi divulgada um dia depois que as Forças Armadas da Coreia do Sul alertaram sobre os lançamentos de dois mísseis balísticos de alcance intermediário pelo Norte.

Leia mais:

De acordo com um porta-voz da Agência Nacional de Desenvolvimento Aeroespacial (NADA), em entrevista para a agência estatal de notícias KCNA, os lançamentos representaram “um importante teste de fase final para o desenvolvimento de (um) satélite de reconhecimento”.

publicidade

Eles confirmaram “índices técnicos importantes”, como a operação de uma câmera no Espaço e a capacidade de processamento e transmissão de dados dos aparelhos de comunicação. O objeto atingiu 500 quilômetros de altura ao ser lançado em um ângulo elevado. O Rodong Sinmun, jornal oficial do governante Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, publicou duas fotos em preto e branco que parecem mostrar o território da Coreia do Sul observado do Espaço.

Líder da Coreia do Norte quer tornar o país o arsenal nuclear mais poderoso do mundo

A confecção de um satélite de reconhecimento militar foi um dos principais projetos apresentados no ano passado pelo líder norte-coreano Kim Jong Un. Na quinta-feira foi testado um “motor de combustível sólido de alta propulsão”, que segundo analistas permitirá lançamentos mais rápidos de mísseis balísticos. A intenção de Kim Jong Un é que o combustível sólido facilite o lançamento desses ICBMS a partir da Terra ou de um submarino.

Todas essas medidas vão ao encontro das declarações de Kim sobre construir na Coreia do Norte o arsenal nuclear mais poderoso do mundo. Os Estados Unidos e a Coreia do Sul já alertaram que a Coreia do Norte está preparando o sétimo teste nuclear de sua história.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!