Quando se fala em envelhecimento, muitas pessoas buscam maneiras alternativas para adiar os efeitos físicos através de procedimentos estéticos, como plásticas e Botox. Mas é importante lembrar que hábitos e fatores internos são os que mais influenciam no envelhecimento precoce. 

Tabagismo, isolamento social e alguns ingredientes da dieta são alguns dos fatores contribuintes. Para garantir uma vida mais longa e saudável é importante tomar algumas medidas para minimizar os fatores do envelhecimento. 

Leia mais! 

Segundo o médico do esporte com atualização em medicina integrativa, Dr. Victor Lamônica, há principais erros que você pode estar cometendo que influenciam no envelhecimento precoce, confira: 

publicidade
Evgeny Atamanenko/Shutterstock
  • Estresse crônico 

O tipo de estresse mais comum, é o estresse associado à vida cotidiana, ambiente de trabalho e responsabilidades familiares. É difícil dizer para ficar calmo e relaxado em nossas vidas agitadas. Porém, é importante encontrar formas de aliviar o estresse, pois quando ele se torna muito frequente, pode se transformar num estresse crônico, acarretando diversos problemas de saúde, inclusive o envelhecimento precoce da pele e do organismo. 

Escute o seu corpo, de forma que perceba quando o estresse estiver afetando sua saúde. Algumas formas de ajudar a aliviar e a lidar com estresse são: yoga, exercícios de respiração, meditação e terapia de massagem.  

Além disso, reserve tempo para si mesmo; dormir — com sono suficiente você pode encarar melhor seus problemas e diminuir o risco de doenças; alimente-se corretamente; praticar esporte; converse com os amigos; entenda que nem tudo está sob o seu controle; ajudar os outros; tenha um hobby; estabeleça limites — quando tratar de coisas como trabalho ou família, descubra o que você pode realmente fazer; planeje seu tempo; não lide com o estresse de forma que prejudique sua saúde — isso inclui beber muito álcool, usar drogas, fumar ou empanturrar-se de comida. 

  • Dormir tarde com frequência 

Ainda sobre o sono, um estudo recente sugeriu que adiar com frequência o horário de descanso pode aumentar o risco de morte precoce e também pode causar disfunção metabólica, indisposição durante o dia, desregulação hormonal, desencadear quadros de insônia e dessa forma, prejudicar todo o funcionamento do corpo. 

“Dormir é uma das atividades mais importantes da rotina. Durante o sono, nosso corpo descansa e se regenera, regulando todas as suas áreas. Esse processo acontece todas as noites em pequenos ciclos do sono e ajudam a ter mais energia. Dormir bem também contribui para melhorar a saúde mental e reduz o estresse. Por isso, é importante reservar pelo menos 8 horas por noite para dormir e manter uma boa qualidade de vida.” afirma o médico. 

Crédito: PX Here
  • Tabagismo 

Lamônica também explica que fumar diminui a formação de colágeno e reduz a circulação de sangue na pele. A nicotina também reduz a espessura da pele. Todos esses fatores reduzem a elasticidade e causam o envelhecimento precoce. 

Um estudo que analisou o sangue proveniente de 149 mil adultos concluiu que o organismo dos fumantes de meia-idade tem em média 20 anos a mais ao serem comparados à sua idade cronológica, e em oposição aos indivíduos que não fumam. 

  • Alimentação rica em gordura e processados 

“O excesso de açúcar, frituras e alimentos ultraprocessados no nosso organismo não só acelera o envelhecimento cutâneo, como também contribui para o surgimento de doenças metabólicas, como obesidade e diabetes. Além disso, esses hábitos alimentares podem causar problemas cardiovasculares e envelhecimento precoce. Por isso, é importante manter uma dieta equilibrada e saudável para evitar esses problemas de saúde.” 

  • Sedentarismo 

Levar uma vida sedentária aumenta o risco de envelhecimento precoce. Isso acontece porque o corpo humano é feito para se movimentar, e quando não o faz, as funções do organismo começam a deteriorar-se. Além disso, a falta de atividade física também contribui para o aumento da gordura corporal, o que pode levar ao desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Por isso, é importante manter uma rotina de exercícios para manter o corpo em movimento e envelhecer com saúde. 

“Agora que você já sabe quais são os erros que estão acelerando o seu envelhecimento, ação é a palavra de ordem. Procure conscientizar-se sobre os seus hábitos e mudar aqueles que podem estar prejudicando. É possível evitar o envelhecimento precoce e manter uma vida mais longa e agradável”, finaliza o especialista. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do google calendar appointment slots? Inscreva-se no canal!